“Tudo acontece tão rápido, conhecemos pessoas, e depois não a conhecemos mais, caímos, nos levantamos e caímos de novo. As vezes nem temos tempo pra nos recuperar, e logo vem outro problema para resolver. Será que é possível viver sem problemas? Sim, acredito que é possível, e há milhões de formas, o problema é que não estamos abertos a nenhuma delas. Esquecemos do que está dando certo, por que pensamos na próxima coisa que sairá errado, não notamos quando alguém nos ama, por que estamos sempre preocupados com quem não nos quer. Andamos com cuidado, pisando na ponta dos pés, com medo de cair novamente, e não conseguir se levantar dessa vez. Tudo isso está errado, não se arriscar, não tentar. O que ganhamos no final de tudo isso? Um sentimento de arrependimento, um coração repleto de cicatrizes. Sabe o que eu prefiro ao invés de tudo isso? Prefiro ter pés calejados de tanto correr atrás do que me faz feliz, prefiro ter um coração ferido, porém cheio de curativos conquistados com a vida, prefiro ter hematomas pelo corpo que comprovem tudo que eu já passei foi real. Prefiro ter histórias pra contar, uma história em que eu caí sim, várias vezes, tropecei, me machuquei, mas que eu vivi, e que conquistei.” Keep Singing Along   ♪

“Tudo acontece tão rápido, conhecemos pessoas, e depois não a conhecemos mais, caímos, nos levantamos e caímos de novo. As vezes nem temos tempo pra nos recuperar, e logo vem outro problema para resolver. Será que é possível viver sem problemas? Sim, acredito que é possível, e há milhões de formas, o problema é que não estamos abertos a nenhuma delas. Esquecemos do que está dando certo, por que pensamos na próxima coisa que sairá errado, não notamos quando alguém nos ama, por que estamos sempre preocupados com quem não nos quer. Andamos com cuidado, pisando na ponta dos pés, com medo de cair novamente, e não conseguir se levantar dessa vez. Tudo isso está errado, não se arriscar, não tentar. O que ganhamos no final de tudo isso? Um sentimento de arrependimento, um coração repleto de cicatrizes. Sabe o que eu prefiro ao invés de tudo isso? Prefiro ter pés calejados de tanto correr atrás do que me faz feliz, prefiro ter um coração ferido, porém cheio de curativos conquistados com a vida, prefiro ter hematomas pelo corpo que comprovem tudo que eu já passei foi real. Prefiro ter histórias pra contar, uma história em que eu caí sim, várias vezes, tropecei, me machuquei, mas que eu vivi, e que conquistei.” Keep Singing Along   ♪

(via re-licarios)

(via coutes)

Eu vou fazer o que eu gosto, eu vou. Atrás da curva do perigo existe alguma coisa bem mais nova e menos triste. — Raul Seixas

(via medesejesorte)


Você é o resultado de erros acumulados, de sonhos para serem realizados, de lágrimas, de sorrisos e de uma série de outras coisas que você só vai descobrir vivendo. ∞

Você é o resultado de erros acumulados, de sonhos para serem realizados, de lágrimas, de sorrisos e de uma série de outras coisas que você só vai descobrir vivendo. 

(via fukingperfect)

O amor é uma espécie de preconceito. A gente ama o que precisa, ama o que faz sentir bem, ama o que é conveniente. Como pode dizer que ama uma pessoa quando há dez mil outras no mundo que você amaria mais se conhecesse? Mas a gente nunca conhece. — Charles Bukowski

(via portodoamor)

Esse vício de eternidade que a gente tem. 


 Caio Fernando Abreu

Esse vício de eternidade que a gente tem. 

 Caio Fernando Abreu

(via amandazanotti)


Quando tínhamos 5 anos, perguntavam o que queríamos ser ao crescermos. Respondíamos coisas do tipo astronauta, presidente. Ou no meu caso, princesa. Quando tínhamos 10 anos, perguntavam de novo. Respondíamos astro do rock, caubói. Ou no meu caso, medalhista de ouro. Mas agora que crescemos, querem uma resposta séria. Bem, que tal esta? “Sei lá eu!”. Não é hora de tomar decisões difíceis e rápidas. É hora de cometer erros. Pegar o trem errado e ficar preso em algum lugar. Apaixonar-se. Muitas vezes. Especializar-se em Filosofia, pois não dá para ganhar a vida com isso. Mudar de idéia e mudar de novo, porque nada é permanente. Cometam todos os erros que puderem. Assim, um dia, quando perguntarem o que queremos ser, não precisaremos adivinhar. Saberemos. 
 Jéssica - Eclipse

Quando tínhamos 5 anos, perguntavam o que queríamos ser ao crescermos. Respondíamos coisas do tipo astronauta, presidente. Ou no meu caso, princesa. Quando tínhamos 10 anos, perguntavam de novo. Respondíamos astro do rock, caubói. Ou no meu caso, medalhista de ouro. Mas agora que crescemos, querem uma resposta séria. Bem, que tal esta? “Sei lá eu!”. Não é hora de tomar decisões difíceis e rápidas. É hora de cometer erros. Pegar o trem errado e ficar preso em algum lugar. Apaixonar-se. Muitas vezes. Especializar-se em Filosofia, pois não dá para ganhar a vida com isso. Mudar de idéia e mudar de novo, porque nada é permanente. Cometam todos os erros que puderem. Assim, um dia, quando perguntarem o que queremos ser, não precisaremos adivinhar. Saberemos. 

 Jéssica - Eclipse

(via portodoamor)

"Você percebe que é forte, quando se vê obrigado a desistir de coisas que nunca imaginou ser capaz de deixar um dia."

(Raul Seixas)

(via portodoamor)


Me perdoa meu Deus ? Pelas inúmeras vezes que os meus medos foram maiores que a minha fé.

Me perdoa meu Deus ? Pelas inúmeras vezes que os meus medos foram maiores que a minha fé.

(via fukingperfect)


Entenda que existe uma enorme diferença entre amigos e colegas. 


Entenda que existe uma enorme diferença entre amigos e colegas

(via wornphotos)